2.10.08

economia

O dólar bem que podia cooperar, né?!



Nenhum comentário: